ROCK - Minha paixão!

Postado por Luanna Duarte às 01:12

(Ignorem o fato de já ser 14 de Julho, mas é que ontem foi froid, o cansaço acumulado da semana me pegou, mas enfim...)

Música é algo que me faz levitar, me leva pra lugares diferentes, me faz refletir na vida, me deixa feliz, animada, disposta... toma conta de mim! E, juro, é assim que me sinto ao escutar ROCK!

Eu não tive influência dos meus pais pra gostar de ROCK, o que eu escutava quando criança era samba (de raiz!) e sertanejo moda de viola! A "coisa" aconteceu porque era destino mesmo! Conversando com a Dani ontem, lembrei que tive a primeira influência Rock'n Roll dela. Em um de nossos encontros familiares, quando eu tinha uns 10 anos, ela veio com um tal de Legião Urbana, sabe? Passávamos horas e horas trancadas no quarto do primo (Oi Caio!) escutando Faroeste Caboclo (clique aqui) sem parar, até decorar!





Daí em diante eu só fui conhecendo outras bandas, outras músicas e me apaixonei! Os amigos me apresentando "coisas novas" e escutando por acaso, fiquei perdidamente apaixonada por In The End (clique aqui), do Linkin Park. Foi paixão, obsessão! Daí conheci as clássicas e surtei de vez:

- Smells Like Teen Spirit - Nirvana (clique aqui),
- Sweet child O'mine - Guns N' Roses (clique aqui),
- Alive - Pearl Jam (clique aqui),
- The Unforgiven - Metallica (clique aqui),
- Iron Man - Black Sabbath (clique aqui),
- A Little Less Conversation - Rei Elvis Presley (clique aqui),



Tem outras que também adoro e recomendo:

- Do the Evolution - Pearl Jam (clique aqui)
- I Disappear - Metallica (clique aqui)
- In Bloom - Nirvana (clique aqui)
- Cochise - Audioslave (clique aqui)
- Around the World - Red Hot Chili Peppers (clique aqui)
- Freak on a Leash - Korn (clique aqui)
- Chop Suey - System of a Down (clique aqui)
- Learn to Fly - Foo fighters (clique aqui)
- Song 2 - Blur (clique aqui)
- Rainmaker - Iron Maiden (clique aqui)
- Geração Coca-cola - Legião Urbana
- Mulher de Fases - Raimundos 
- É Quente - Charlie Brown Jr
- Me Deixa - O Rappa
- Love Song One - Capital Inicial
- Cinderela Compulsiva - Luxúria
- Não Reclame Mais - Detonautas
- Até quando? - Gabriel O Pensador
- Todo Carnaval tem seu Fim - Los Hermanos
(e muito mais...)


Já adolescente, teimosa, auto-afirmação e querendo mostrar pra todo mundo o meu estilo, depois de ter gostado mesmo da música, passei a querer me firmar com roqueira, e na época da escola eu me vestia com uma! All star preto de cano longo, pulseiras de couro com spikes, sempre que dava camiseta preta básica, unha preta e olhão preto marcado de lápis. Queria ser ruiva, depois pintar o cabelo de azul, queria piercing e tatuagem.... mas mamãe não deixou, rs. Ainda bem! Nada contra, mas eu era muito nova, não cabia fazer essas coisas!





Sertanejo, samba, pagode, tango, salsa, rumba, macarena... o que quer que não fosse ROCK eu tinha preconceito. Odiava patricinhas e mulheres de salto alto. Maquiagem era só lápis preto. Bolsa de ombro era pra menininhas. Saia só se fosse jeans e vestido, jamais! Cor-de-rosa me dava enjôo e tudo mais que parecesse frescurite feminina.

Entre os 15-16 anos conheci música eletrônica e virei piolho de raves! Viajava legal nas músicas e nas luzes coloridas das festas. Nada de drogas!!! Era efeito da música mesmo! Ficava até de manhã já com o sol na cara, "fritando" como se diz, até não aguentar mais de cansaço! Foram váááárias festas assim. A modinha das raves passou e eu me mantive firme ao ROCK.

Veio a época da faculdade. Principalmente em federais a moda é o sertanejo! Não é à toa que tem uma ramificação do sertanejo que chama universitário. No primeiro ano da facul eu não ia nas festas porque todas eram regradas à cerveja e sertanejo. Se eu continuasse assim iria ser A excluída da turma. Passei então a escutar o tal do sertanejo e até dançar, porque não? Larguei o preconceito de lado e me joguei na matança das baratas! kkkk.  A modinha das baladas sertanejas também passou e eu me mantive fiel ao ROCK.

Nessas festas de faculdade tocam de tudo, sertanejo, pagode, funk... Com umas geladas na cabeça fui tentar dar uma reboladinha ao som de um desses funks com letras super filosóficas, sabe? e me estrepei. Olhei ao redor, me analisei e mesmo já altinha, me achei RI-DÍ-CU-LA!!! Pensei comigo, sai daqui minha filha, isso não é pra você não! Parei de querer agradar os outros e me assumi de uma vez: EU GOSTO É DE ROCK E PRONTO!

Hoje já não tenho preconceitos com outros tipos de música, eu respeito e até curto às vezes (menos pagode e funk!). Parei de querer me firmar como uma roqueira com o jeito de me vestir. Eu sou muito bem decidida quanto ao que gosto e não preciso afirmar nada pra ninguém ou explicar nada. Sou viciada em maquiagem, adoro um salto alto, adoro bolsas e vestido é a minha peça de roupa predileta! Cor-de-rosa nas unhas e nos lábios é um vício. Sou eu quem paga minhas contas, não ligo pra o que os outros pensam! 

E mais uma coisa, parei de querer saber tudo da vida do artista, onde nasceu, o que comeu pela primeira vez, qual era a cor da caca que fazia... essas coisas que a gente faz pra ser reconhecida como fã! Eu amo de mais... MÚSICA e penso que ser fiel a isso é muito mais recompensador do que saber tudo de alguém que sinceramente você não gosta!


Beijos,










0 comentários:

Postar um comentário

Olá Meninnas!!! Sejam muito bem-vindas!!!
Gostaremos muito de saber o que vocês pensam...
Comentem sempre!
Beijos Lú e Dani!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...